BOMBA! SEGUNDO AUDITORIA DA SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA DO ESTADO, O EX-PREFEITO FILUCA MENDES TERIA DESVIADO CERCA DE 3 MILHÕES DE REAIS DA CONSTRUÇÃO DO PARQUE INDUSTRIAL DE PINHEIRO


A Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Energia quer saber pra onde foi parar R$ 3 milhões de reais destinados pela secretaria para a construção do Parque Industrial de Pinheiro, referente ao convênio nº004/2014 celebrado em junho de 2014, na ocasião Filadelfo Mendes Neto era o Prefeito da cidade e que assinou o convenio como convenente.

Com base nessa indagação a SEDINC/MA encaminhou o oficio Nº 693/2017 – GAB/SEINC expondo que segundo o Relatório de Auditoria Especial nº 010/2016 da Secretaria de Estado de Transparência e Controle, foi constatado o desvio do recurso disponibilizado para a construção do Parque Industrial e irregularidades na prestação de contas apresentada pelo ex-Prefeito Filuca Mendes

Por se tratar da gestão anterior, sem qualquer relação com a atual administração, coube a Procuradoria Geral do Município de Pinheiro tornar público o referido processo e acionar na justiça o ex-prefeito Filuca Mendes para que devolva o recurso desviado aos cofres públicos. Para tanto foi dado prazo de 20 dias para essa devolução acontecer com as devidas correções monetárias na importância de R$ 4.179.539,04.

O ex-prefeito Filuca Mendes já é experiente com processos de devoluções de recursos desviados, no último dia 04 de setembro, o ex-gestor teve seu recurso contra ação do Ministério Público do Estado negado por unanimidade “A primeira Câmara Cível, por votação unânime, negou provimento ao recurso, nos termos do voto do desembargador relator”, diz trecho da decisão. O ex-gestor enviou seu recurso por e-mail e em razão disso não foi considerado válido pela Corte e foi condenado a devolver mais de 400 mil reais aos cofres públicos.

Agora é esperar os trâmites legais, enquanto isso a desgastada imagem do ex-prefeito vai a cada dia afundando em uma lama de corrupção regrada a muitos desvios de dinheiro público, fato que lhe proporcionou um dos maiores patrimônios do Maranhão.

Do blog Wellington Sérgio

DENÚNCIA: Aluna de São Luís do Instituto Ana Neri relata descaso e irresponsabilidade por parte do Instituto técnico

O Blog Gleicy Ferreira foi procurado no fim da manhã de hoje (05) por uma aluna do curso técnico de enfermagem do Instituto Ana Neri, a pedido da mesma a sua identidade será preservada. O instituto em questão, fica localizado no bairro da Cohab em São Luís, e segundo a aluna vem sendo bastante relapso e irresponsável quando se trata do cuidado com a educação dos alunos que estudam nessa instituição privada.

Sou aluna e estamos passando por graves transtornos. A instituição não respeita os alunos, não comunica das mudanças com antecedência e nos obriga a pagar a mensalidade em dia, uma vez que, a cada dia de atraso há uma porcentagem de juros embutida. Há alguns dias um professor foi demitido no dia da prova, foi um completo desrespeito com nós alunos, uma vez que todos nós somos adultos e para eventuais mudanças, seria necessário nos comunicar. Quando questionados a única respostas que tivemos foi que o professor teria pedido para sair, alguns minutos depois foi citado que o professor não estava tendo rendimento em sala. Nós alunos é que estamos ali no dia-a-dia com o professor é que sabemos se o professor está tendo rendimento ou não. Isso vai contra os princípios éticos e morais. Mais desrespeito ainda foi a ignorância na qual fomos tratados; uma das funcionárias mesmo com o professor fora da sala de aula avisou que seríamos obrigados a fazer a prova, e quem não quisesse ficaria com zero. Me diga, isso é conduta de um profissional? Todos os dias é falado em ética, mas me diga será que eles sabem o que significa ética? Os alunos da instituição estão totalmente revoltados, não só nossa turma, como outras turmas também” relatou a aluna ao blog.

Após denúncia, a aluna foi questionada pelo blog sobre o que achava da atuação do professor em sala de aula e ela foi bastante direta: Excelente profissional, sempre buscando e sem medir esforços para que os alunos saíssem sem nenhuma dúvida da sala de aula. Nunca tive do que reclamar, ele motiva, dá ânimo pra gente todo dia e dá o seu melhor” 

O professor foi procurado mas preferiu se manter em silêncio para que sua carreira profissional continue inabalada.

O blog sempre imparcial, tentou entrar em contato com a Instituição Ana Neri, localizada no bairro Cohab em São Luís, via telefone fixo, alguém atendeu;  a editora do Blog se identificou, mas foi pedido que aguardasse-mos, pois a ligação seria transferida para a coordenação pedagógica, e mais uma vez foi pedido que o blog esperasse, segundos depois, disseram que deveríamos entrar em contato com o setor de marketing. O blog ligou para o número mencionado, mas o setor disse que ainda iria encontrar alguém que esclarecesse a situação e foi dito que retornariam ainda hoje (05) para a editora. Ligação está que estar sendo esperada, haja vista que o único objetivo do blog é ajudar de forma imparcial aqueles que busca aqui o auxílio.

Nova denúncia de suspeita de pedofilia é feita contra radialista no MA


Uma nova denúncia contra o radialista Francisco Charles Renald, que responde por pedofilia, foi feita na terça-feira (3) em Imperatriz, a 626 km de São Luís. A vítima foi mais uma menina de 11 anos e o fato ocorreu há alguns anos quando ela foi aliciada. A denúncia foi feita na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) em Imperatriz.

Com a prisão do apresentador e locutor Francisco Charles Renald, conhecido como Renald Café, novas denúncias começaram a ser feitas na DPCA.

O delegado responsável pelo caso, Farilano Aires, diz que investiga agora o aliciamento de uma menina que tinha 11 anos de idade quando teria sido vítima do radialista. “Já temos uma vítima que já prestou depoimento demonstrando que os fatos não ocorrem de ontem. Já vem com bastante tempo acontecendo e o que eu posso adiantar é que vítimas crianças aliciadas praticamente da mesma forma e sempre no intuito de oferecer contrato de para ser modelo, para posar para foto, para fazer propagandas. Então é o modo dele angariar essas crianças e isso pelo visto, pelo o que a gente está apurando agora acontece já há um bom tempo, mais de cinco anos já acontecendo”, contou.

O caso teria acontecido em um bairro da periferia de Imperatriz que a polícia não divulgou o nome, de acordo com o delegado. “A gente sempre pede que a população, as mães, os pais atentem para o que está acontecendo e que se for vítima desse sujeito ou de qualquer outro que denuncie, principalmente pelo fato desse já se encontrar preso mais difícil se tornará a sua saída da prisão e dos demais casos melhor será para você elucidar maiores crimes, mais quantidades e fazer com que eles também venham a ser presos”, finalizou.

Do G1 Ma

Edital do concurso da PM do Maranhão é inconstitucional e discriminatório, diz OAB

Imagem retirada da internet

A falta de vagas para mulheres no cargo de médico veterinário, no concurso da Polícia Militar do Maranhão, está sendo questionada pelo Conselho Regional de Veterinária e pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Segundo as entidades, o edital é inconstitucional e discriminatório.
Pelo edital do concurso estão sendo oferecidas 1.215 vagas para candidatos com nível médio, superior e de ambos os sexos. Mas, nas duas vagas oferecidas para o cargo de primeiro tenente da Polícia Militar para médico veterinário, as mulheres estão fora da disputa.

Para elas o concurso disponibilizou apenas uma vaga e no cadastro de reserva. As reclamações se multiplicaram no Conselho Regional de Medicina Veterinária que decidiu abrir uma ação administrativa junto à secretaria de Segurança Pública do Maranhão.

Segundo o conselho, dentro da medicina veterinária há mais de 40 áreas de atuação do médico veterinário, e nenhuma faz distinção de sexos na hora de assumir os cargos. Ainda de acordo com o conselho, no Maranhão dos 1500 profissionais veterinários, 44 por cento são mulheres.

O sexo feminino representa 90% dos alunos que ingressam no curso da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) todos os anos. Na ação administrativa o conselho pede uma resposta num período de cinco dias.

Em nota, a Secretaria Estadual de Gestão e Previdência alegou que a lei prevê a reserva de apenas 10% das vagas para as mulheres. E que no edital não existem vagas suficientes para essa reserva. Mas para a OAB, o edital fere a constituição e a convenção internacional que trata das formas de discriminação contra a mulher.
E o curso mais concorrido no vestibular da UEMA é justamente o de formação de oficiais, bacharelado em segurança pública da polícia militar, na categoria feminina. São 330 candidatas por vaga. A concorrência foi divulgada nesta quarta-feira (4) pela universidade.

Do G1 Ma

Monstro: Homem de 39 anos estupra a enteada de apenas 9 no município de São Roberto-MA

                                                                      O acusado confessou o crime

Nesta semana o Conselho Tutelar do município São Roberto-MA procurou a guarnição de serviço da Polícia Militar para prestar informações sobre um caso de estupro de vulnerável. Segundo as informações, Raimundo Maia de Oliveira, 39 anos, teria cometido o abuso sexual contra a sua enteada de apenas 9 anos de idade.

A criança foi examinada e foi constatado abuso sexual. Além disso, a vítima confirmou os abusos. O acusado foi então conduzido pela PM de São Roberto à Delegacia de Polícia Civil de Esperantinópolis para que sejam tomadas as medidas cabíveis legais.

Do blog Neto Weba